Novas missões, mesmas emoções

Primeiramente, tenho de pedir desculpas pela demora em atualizar este espaço. Há quase três meses não posto nada aqui. Isso se explica, claro, pelo fato de que estava muito envolvido na campanha para o Gabinete Nacional e cheguei a passar seis (isso mesmo: 06) finais de semana seguidos viajando. O tempo que passava em casa em Teresina era, basicamente, para trocar as malas, lembrar meus pais e minhas irmãs que eles ainda tinham um filho e um irmão e se preparar para viajar novamente.

Não foi fácil conciliar esse período intenso de campanha, mais o retorno das atividades acadêmicas e o fim da última gestão do Gabinete Nacional, em que servi como MCNA. Contudo, acredito que conseguimos dar conta (perdendo um pouco de qualidade de vida) e o importante é que aqui estamos! Esses últimos vivi experiências incríveis nas viagens, reencontrei amigos, tive ótimas ideias (algumas, considero verdadeiras iluminações) para a nova Gestão e, claro, me preparei espiritualmente para o que estava por vir. Ou melhor, para o que está por vir.

Se me permitem um momento de desabafo, quero dizer que não é nada fácil passar por algumas situações na vida, principalmente, as de liderança. Todos veem, em regra, os momentos em que estamos em público, prestigiando atividades: bonitos, arrumados, sorrindo e com colar no pescoço. Os bastidores… Ah! Os bastidores não são tão brilhantes assim. Há muito sono perdido, muito estresse com a Tim, e-mails que se perdem, falta de tempo para comer, sair com os amigos ou, até mesmo, assistir a um filme ou seriado preferido. Como li recentemente no facebook de uma amiga: “Uma pessoa imatura pensa que todas as suas escolhas geram ganhos. Uma pessoa madura sabe que todas as escolhas tem perdas.”. A essência é: cada escolha, uma renúncia.

Não estou aqui, entendam, por favor, lamentando-me de nada. Essas são minhas escolhas e, sinceramente, estou muito feliz e realizado com elas. Fui livre para escolher, agi sempre com o coração e com meus princípios e não tenho a que temer. Tenho, na verdade, muita fé no Pai Celestial e, principalmente, em meus Irmãos, amigos e companheiros que sempre estiveram e continuarão ao meu lado nessa jornada que se inicia. Foi fora do comum todo apoio e incentivo que recebi, especialmente nos últimos meses, de tanta gente em tantos lugares por diversos meios.

De whatsapps com “não sei o que é essa Ordem e nem o que você faz lá, mas te desejo muito sucesso” até professores da Universidade, que também não conhecem a fundo a Organização, deram seus votos de apoio e de prosperidade. As manifestações de DeMolays de todo o Brasil, pelos diversos meios de comunicação, também me deixaram muito contente. Mas, principalmente, tenho de registrar a presença no CNOD de meus pais, minhas irmãs, diversos amigos de longa data e, principalmente, dos últimos times de MCEs – foram caras que, desde o ano passado, afirmavam: “próximo ano estarei ao seu lado te empossando MCN”. No sério, confesso a vocês que eles tinham mais certeza disso do que eu próprio.

Tenho de agradecer a todo esse apoio, meus amigos, mas eles não me deixam tranquilo ou cômodo. Pelo contrário, isso aumenta meu senso se responsabilidade em me esforçar e dedicar o melhor de mim para retribuir e fazer jus a essa confiança. E, acreditem, estamos agindo neste sentido. Sou humano e tão falho como vocês, mas espero que “junto das fileiras, alicerces do futuro”, baseado nos princípios e nas virtudes da Ordem, possamos fazer um bom trabalho, glorificando o Pai que está nos Céus.

Termino esta postagem prometendo voltar mais vezes e com maior frequência. Não utilizarei este meio de comunicação para fazer postagens oficiais do Gabinete Nacional, nem propaganda, nem anúncios. Quero, aqui, contar um pouco dos bastidores dessa minha (nem tão nova) Rotina DeMolay, em que continuo com o mesmo ânimo para servir de sempre. Peço, humildemente, que vocês orem por mim. Mais do que nunca preciso de força, de paz, de sabedoria e de Deus para servir bem como instrumento de Sua obra.

Fiquem todos em paz!

 

————————–

NOTAS:

[1] Já estou de posse do e-mail institucional mcn@demolay.org.br. Qualquer necessidade, podem entrar em contato!

[2] No twitter (@YWalter) e no instagram (@YWalter) farei sempre registros das atividades que estamos desenvolvendo. Sigam-nos!

[3] Ah! Meu discurso de posse, no encerramento do Congresso Nacional, pode ser lido aqui: DISCURSO

[4] Fotos do Congresso Nacional também já estão disponíveis no meu facebook. Para ir direto ao álbum, clique aqui.

[5] Na seção “PROVAS DEMOLAYS”, já estão as provas que foram aplicadas no Desafio Nacional de Ritualística, no sábado de Congresso, e os gabaritos. Verifique!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s